sexta-feira, 23 de junho de 2017

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas - 10/06

Dia 20 de junho, terça-feira, às 15 horas, em concorrida reunião na sede da Amulmig, tivemos a palestra brilhante do Acadêmico Jair Barbosa da Costa, escritor, ensaísta e crítico literário, sob o título "Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas". Grande comoção quando se tratou das tragédias havidas nestes dias, com incêndios e perdas na natureza, sobretudo as humanas.
Após sua palavra, a acadêmica Maria Armanda Capelão Ferreira, portuguesa de Trancoso, presenteou-nos com uma bela declamação de louvação à terra natal, filmada por Irislene Castelo Branco Morato, nossa futura associada, já confreira na Afemil e colunista do internacional Jornal Sem Fronteira.
O Presidente emérito Luiz Carlos Abritta no ensejo comunicou que estará tomando posse na Academia de Letras e Artes de Portugal, no próximo dia 21 de julho, em Monte Estoril.
Encerrando a reunião, na confraternização, o lanche foi tipicamente português, rabanadas e caldo verde.
video









sábado, 17 de junho de 2017

Oralidade e escrita no Brasil”,brilhante palestra proferida pela
 Dra. Regina Bessa no dia 13 de junho.




Dia 30 de maio, tivemos palestra com a Teóloga Marlene Vieira Chaves de Andrade, celebrando o Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima  e o Dia das Mães, havido em 14 de maio. Homenageada a Mãe Amulmig 2017 a  secretária acadêmica Marilene Guzella Martins Lemos que também fez uma palestra sobre deusas - arquétipos femininos, e homenagem à Acadêmica Maria Armanda Capelão. Houve também homenagem a várias não acadêmicas, tais, Virgínia Ferreira, Sonia Ferreira e Lili Figueiredo.












quarta-feira, 7 de junho de 2017

Programação do mês de junho de 2017



Programação Amulmig para o mês de junho de 2017
Dia 13 de junho, terça-feira, às 15 horas
  • Assembleia com exposição alusiva ao tema “Oralidade e escrita no Brasil”, a cargo de Regina Bessa, professora de Literatura e Linguística, Literatura Brasileira, Literatura Inglesa e Redatora Parlamentar.
  • Momento Amulmig, com manifestações dos Acadêmicos.
         Local: Sede da Amulmig.

Dia 20 de junho, terça-feira, às 15 horas
  •  Assembleia com exposição alusiva à celebração do “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”, a cargo do Acadêmico Jair Barbosa da Costa, escritor, ensaísta e crítico literário.
  • Momento Amulmig, com manifestações dos Acadêmicos.
          Local: Sede da Amulmig

Dia 23, sexta-feira, às 17 horas
  •  Posse do Acadêmico Rogério Faria Tavares
Local: Sede da Academia Mineira de Letras, rua da Bahia, 1466, BH

clique no nome para ler o currículo do neoacadêmico, 
do site da Academia Mineira de Letras

Rogério Faria Tavares

Dia 27, terça-feira, às 15 horas
  •  Assembleia com exposição sobre a vida e obra do escritor mineiro Antônio Avelino Fóscolo, a cargo do Acadêmico Rogério Faria Tavares.
  • Momento Amulmig, com manifestações dos Acadêmicos.
         Local: Sede da Amulmig.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Celebração: Centenário das aparições de N. Sra. de Fátima - Dia das Mães 2017


Palestra com a Teóloga Marlene Vieira Chaves de Andrade, sobre o Centenário das aparições de N. Sra. de Fátima,  em reunião extra da Amulmig, neste dia 30 de Maio, às 15 horas em sua sede, em homenagem ao Centenário e ao Dia das Mães havido em 14 de maio. Será homenageada Mãe Amulmig 2017 a  acadêmica Marilene Guzella Martins Lemos, Secretária-geral.

domingo, 21 de maio de 2017

Palestra: “O idioma como expressão cultural”



O idioma como expressão cultural


Terça-feira, 23 (vinte e três) de maio, é dia da tradicional reunião quinzenal da Amulmig, às 15 (quinze) horas.

Nesta ocasião teremos uma palestra com o tema “O idioma como expressão cultural”, na palavra do Presidente César Vanucci.


Sobre o palestrante César Vanucci: “já exerceu, entre outras, as seguintes funções: Superintendente Geral da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) e do Sesiminas, Diretor da Rede Minas de Televisão, Presidente da Universidade do Trabalho de Minas (Utramig), Diretor Regional do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Diretor Regional da Minas-Brasil Seguros, Secretário Municipal de Abastecimento de Belo Horizonte, Ouvidor Geral da Prefeitura de Belo Horizonte, Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Uberaba, Diretor das unidades de ensino do Sesi, Vice-Presidente da CASFAM (Caixa de Assistência e Previdência Fábio de Araujo Motta), Fundo de Pensão e Assistência do Sistema Fiemg, do qual é fundador, ao lado de outros antigos colaboradores das entidades da Indústria.

É colaborador permanente de quase duas dezenas de jornais impressos e eletrônicos, revistas. Atua em movimentos sociais e culturais, pertencendo aos quadros de numerosas instituições como a Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, a Academia de Letras do Triângulo Mineiro, a Academia Mineira de Leonismo e a Federação das Academias de Letras de Minas Gerais, da qual é vice-presidente.” 

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Andréia Donadon Leal - lançamento do livro: Casa de baixo, Casa de cima


"POR UMA LITERATURA INCLUSIVA
Casa de baixo, casa de cima é uma narrativa envolvente; toca profundamente a sensibilidade. Como explicar a perda da mãe a uma criança? Esse desafio toca severamente aqueles que vivenciam a experiência da morte da mãe que deixa uma criança órfã, tendo que contar muito com a intuição para acolher e amparar essa criança. Andreia Donadon Leal, nessa história para crianças, alcança o ponto sensível da narrativa criativa que se deve compor para redirecionar o destino aberto da criança órfã. A autora não faz drama, compõe com doçura cada expressão de aconchego à criança, desenhando o novo cenário seguro no qual essa criança terá que construir sua própria história. Nessa época em que a inclusão é tema central dos debates das políticas educacionais, a autora estende o conceito de inclusão para a lida com as perdas, especialmente com a perda da figura referencial da família – a mãe. A inclusão deve ser uma preocupação não só da legislação ou dos educadores, mas dos familiares, como pavimentação de caminhos para a felicidade. Conta a autora que o que a moveu para a escrita desse livro foi um questionamento de uma criança de uma escola onde ela fazia palestra sobre livros e leitura. Transcrevo a pergunta tal como a criança a fez: – você escreveu algum livro que fala de criança que a mãe morreu? O livro não é uma resposta, mas uma proposta de inclusão de crianças cujas mães morreram como protagonistas de livros para crianças.

Editora Aldrava Letras e Artes
Preço promocional: 15,00 (pedidos: deiadonadon@yahoo.com.br)

Lançamento: dia 27/05/2017 - a partir das 16:00 horas. Auditório do ICHS/UFOP/MARIANA" texto da autora

Andreia Donadon Leal  pertence a Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, cadeira 311, patrona: Beatriz Brandão e representa o Município de Itabira/MG.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Maria Armanda Capelão Ferreira - Acadêmica do Mês de Maio

 Nome literário:

 Maria Armanda Capelão




Cadeira 187 – Patrono: ANTONIO TEIXEIRA DE QUEIRÓZ  – Município de Trancoso/Portugal. 

 É bióloga, pintora, empresária e escritora. Nasceu em Portugal na bela Troncoso na Beira Alta pertinho da Serra da Estrela. Cidade histórica cercada por altos muros. Vive há muitos anos no Brasil e por amor a este país é brasileira também. Gosta de tudo o que faz e o que mais lhe agrada é escrever. Escreve principalmente para crianças e jovens. Nasceu no dia 17 de abril de 1935, deixa Portugal em fins de1945 e vem para o Brasil com os pais e irmãos. Veio morar em Belo Horizonte. Em Belo Horizonte continua seus estudos no Colégio Salesiano Pio XII. De tal forma se afeiçoa à vida salesiana que se consagra a Deus, tornando-se religiosa, filha de Maria Auxiliadora. Como salesiana viveu vinte anos. Para ficar com a mãe, agora viúva e só, deixa o convento. É aqui em Belo Horizonte ao lado da mãe que a conhecemos lecionando biologia, associando-se aos irmãos nas empresas do grupo Ormimaq, fazendo parte da Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, da Academia Feminina Mineira de Letras de Minas Gerais, e principalmente dedicando-se de uma forma muito especial à literatura infantil e infantojuvenil. Possui 30 livros editados em português e 2 em alemão. 











Atualmente dedica-se também a escrever, criar e ilustrar ricas mensagens

que muito podem ajudar num momento de baixo-astral

ou fazer ecos com nossos valores pessoais .

 


 


Livros publicados


 





            Em alemão
Pela Editora Martin Backhouse
Neco, der traumer
Vavá, der poet

   Em Português:
                "Edições Paulinas"
A aventura da formiguinha
O rei
A bola verde
A surpresa
A orquestra da amizade
Você sabe?
Neco, o sonhador

"Editora Vozes"
Herói das quatro as seis
A lei

  Editora Lemi
Encontro

Minas Gráfica Editora
Caminhada
Aconteceu!










Mostra de trabalhos da artista plástica
como pintora: rostos, paisagem e
surrealismo.







 
 
Apreciações sobre Obra e  

sobre  Acadêmica Maria Armanda




           Editora Armazém de Ideias









               Acad. Conceição Piló 





 Trancoso/PT, cidade medieval, Terra Natal













 Fotos de sua Posse na AMULMIG

 

 

 

 

 

 

 

Fotos de Eventos

 

 

 

 

 

Relembrando o Patrono

Palestra com a presença

de Familiares, havida na

Amulmig

 

 

 

 



Material cedido pela Acadêmica Maria Armanda.









 Editora Armazém de Ideias

Amigo
De flor em flor
A felicidade
A andorinha
Os filhotes
Rainha, a aranha azul
Malhado, o potrinho
A canção da esperança

A coleção jeitos jovens
Ló, menino da roça
Domingos Bué
Santo, pivete
Vavá, o poeta
Coleção: Maria Armanda para pequeninos
Lé, o porquinho que não tomava banho
Roc, o ratinho que não queria ler
Su, a girafinha que não queria comer
Tic, o gambazinho que não escova os dentes
Mé, a ovelhinha que não queria dormir na cama
Li, a aranha que não gostava de calçar sapatos








  























   Acad. Geraldo Guerra













            Acad. Alaíde Lisboa de Oliveira



   

 

 

 

 

 

 Local de Trabalho, BH/MG

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

      Mapa de  Trancoso/PT